[DICA] Livros para Colorir!

Colorir
Olá, pessoal! Como estão? Espero que bem... Um dia desses, estava colorindo um livro e pensei que, como faz tempo que não posto nada na categoria "Dicas", esse seria um bom tema. Os livros antiestresse de colorir viraram uma febre, porém, quando comprei o primeiro deles, eu nem fazia ideia da loucura que isso tinha se tornado. Por acaso, vi o livro numa banca, achei os desenhos lindos e a proposta muito boa, por isso resolvi levá-lo, crente que tinha feito A Descoberta.... Tsc, tsc. Enfim, esses livros são viciantes e nesse post vou compartilhar com vocês um pouquinho desse vício. Vem comigo!

[LIVRO] Onde Cantam os Pássaros

Onde Cantam os Pássaros
Autora: Evie Wyld
Editora: Darkside
Páginas: 249
Onde comprar: SubmarinoAmazon  
Jake Wyld vive sozinha em uma velha fazenda, em alguma ilha britânica anônima, um lugar de chuvas incessantes e ventos violentos. Apenas ela, seu companheiro indomado, Cão, e um rebanho de ovelhas. Mas algo tem vindo atrás dos animais - de tempos em tempos algo surge à noite, arrebata uma ovelha e a faz em pedaços. Poderia ser qualquer coisa. Há raposas na mata, um rapaz estranho e um homem esquisito, rumores sobre uma fera obscura e formidável. E há o passado desconhecido de Jake, talvez invadindo seu presente, uma história escondida há anos e há milhares de quilômetros, em uma paisagem de cores e sons diferentes. Uma história contada nas cicatrizes que cobrem suas costas.

[FOTOGRAFIA] São Paulo, amor e ódio.

Avenida Paulista

O CORTEJO 
(Mário de Andrade - Pauliceia Desvairada)

Monotonias das minhas retinas...
Serpentinas de entes frementes a se desenrolar...
Todos os sempres das minhas visões! "Bom giorno,
caro."

Horríveis as cidades!
Vaidades e mais vaidades...
Nada de asas! Nada de poesia! Nada de alegria!
Oh! Os tumultuários das ausências!
Pauliceia - a grande boca de mil dentes;
e os jorros dentre a língua trissulca
de pus e de mais pus de distinção...
Giram homens fracos, baixos, magros...
Serpentinas de entes frementes a se desenrolar...

Estes homens de São Paulo,
Todos iguais e desiguais,
Quando vivem dentro dos meus olhos tão ricos,
Parecem-me uns macacos, uns macacos.

[LIVRO] Budapeste

Budapeste
Autor: Chico Buarque
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 174
Onde comprar: Submarino | Amazon  (e-Book)
José Costa é um ghost-writer que escreve textos na Cunha & Costa Agência Cultural, firma em que é sócio com seu amigo de faculdade Álvaro Cunha, este especializado em promover o trabalho de Costa. Na volta de um congresso de autores anônimos, Costa é obrigado a fazer uma escala imprevista na cidade título do romance, o que desencadeia uma série de acontecimentos que constituem o centro da trama: casado com a apresentadora de telejornais Vanda, Costa conhece Kriska na Hungria, que o apelida de Zsoze Kósta e com que aprende húngaro - segundo o narrador, "a única língua no mundo que, segundo as más línguas, o diabo respeita". Entre as diversas idas e vindas entre Budapeste e o Rio de Janeiro, a trama se alterna entre seu enfeitiçamento pela língua húngara e o seu fascínio em ver seus escritos publicados por outros, bem como o seu envolvimento amoroso com Vanda e Kriska.

[TAG] Diário do Leitor


Olá, galera! Me desculpem pelo sumiço, tenho corrido bastante entre faculdade e trabalho e, muitas vezes, quando tenho um tempinho livre, só quero me esparramar e ficar sem fazer absolutamente nada. Hoje vou responder essa Tag, criada pela Laila do blog Belas Terapias e para a qual a Aline Barbosa, do blog Meu Pequeno Mundo de Livros me indicou. São perguntas simples mas adorei respondê-las! Vamos conferir?