[LIVRO] Uma Curva no Tempo

Uma Curva no Tempo
Autora: Dani Atkins
Editora: Arqueiro
Páginas: 240
Classificação: 3/5

"A noite do acidente mudou tudo... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo.
Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona?
A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente? 
  
 Rachel vive numa pequena cidade da Inglaterra. Aos 18 anos, ela, seu namorado Matt e seus amigos preparam-se para ir à universidade e marcam um encontro num restaurante local para fazer uma celebração de despedida. Durante a comemoração, seu melhor amigo, Jimmy, convida-a para ir à sua casa no dia seguinte pois tem uma coisa muito importante para dizê-la, porém Rachel nunca irá saber qual o assunto dessa conversa. Um carro desgovernado invade o restaurante e Jimmy morre tentando salvá-la.

 Cinco anos depois, Rachel mora num pequeno apartamento em um bairro decadente de Londres, trabalha como secretária, sofre fortes dores de cabeça e carrega uma extensa cicatriz que vai do topo da testa até a bochecha, um lembrete da culpa que sente pela morte de seu melhor amigo no luto permanente em que se encontra enquanto as outras pessoas envolvidas no acidente seguiram em frente. As coisas ficam mais difíceis quando sua amiga de infância, Sarah, convida-a para seu casamento e Rachel é confrontada com o retorno para a cidade que lhe traz tantas lembranças do passado.

 Quando reencontra seus amigos, Rachel fica surpresa com as mudanças que os anos trouxeram a todos, principalmente Matt, que tornou-se um homem de negócios e agora namora com Cathy, uma garota "de parar o trânsito" que faz questão de demonstrar sua posse sobre ele. Apesar da atmosfera descontraída, Rachel não consegue ficar à vontade e resolve voltar para casa. O fato de estar em sua cidade natal faz com que a saudade de Jimmy fique insuportável e, num ato desesperado, Rachel vai até o cemitério no meio da noite visitar o túmulo do amigo. No meio de uma crise de choro, Rachel tem a visão escurecida e é acometida por uma dor de cabeça terrível, saindo sem rumo pela rua quando de repente vê um forte clarão e tudo se apaga.
Acho que o que você precisa se perguntar é quanto tempo e energia quer gastar olhando para trás. - pág, 213 - 
 Após esse acidente, Rachel acorda no hospital e não demora a perceber que as coisas estão muito erradas. Primeiro, seu pai - que na outra realidade sofria de câncer - está completamente saudável. Depois, ela descobre-se uma bem sucedida jornalista que está noiva de Matt. Por fim e mais chocante, seu amigo Jimmy está vivo e é um policial! Atordoada com os acontecimentos, a garota fica o tempo todo buscando explicações para o que aconteceu e tentando provar que sua vida não é aquela e, durante essa busca pela verdade, acaba descobrindo que sua nova vida é muito melhor que a antiga, e sentimentos inesperados e muito intensos surgem de sua amizade com Jimmy.

 Não vou mentir e dizer que esse livro é maravilhoso porque na verdade ele não me cativou como pensei que faria. A história é bonitinha, tem aquela pitada de romance que eu adoro e fiquei curiosa de verdade para saber o motivo de uma mudança tão radical na realidade da protagonista, porém, a autora podia ter explorado muito melhor esse tema. Rachel fica o tempo todo tentando voltar para a vida "ruim" e isso me irritou um pouco. Pô, se eu estivesse no lugar dela e acordasse numa realidade muito mais feliz, não ficaria procurando cabelo em ovo e simplesmente ia curtir o momento!
Quando é que um sonho se torna pesadelo? Sempre achei que fosse no momento em que o que é familiar de súbito se torna estranho e ameaçador; ou quando você se perde em algum lugar que pensou conhecer bem; ou ao se sentir invadido por um sentimento de impotência - quando sabe que está falando com clareza mas ninguém parece ouvir. - pág, 86 -

 Fora isso, achei a escrita um pouco arrastada, foram dadas muitas voltas desnecessárias antes de chegar aos acontecimentos principais. Ficava sempre na expectativa de que algo incrível aconteceria e no final acabava me frustrando. É difícil falar sobre o principal motivo do meu descontentamento com este livro sem dar um desastroso e grandessíssimo spoiler, por isso digo apenas que o final é totalmente inesperado, desolador e... sei lá, um tremendo balde de água fria. Tive a impressão que a autora quis emocionar/chocar os leitores mas que isso não foi feito da forma certa, além de que o desfecho foi muito abrupto.

 Peço que vocês não se deixem influenciar pela minha opinião sobre o livro. Se estava a fim de ler, leia e tire suas próprias conclusões. Acho que uma das belezas da literatura é que cada livro toca as pessoas de diferentes maneiras, e às vezes o que não fez o menor sentido pra mim pode te fazer muito feliz! Vou adorar saber impressões e sensações diferentes causadas pela trajetória de Rachel, então se você já leu este livro e gostou muito, POR FAVOR, me conte aí nos comentários! Quero conhecer outras perspectivas sobre a história.

>> Onde comprar: SubmarinoAmazon

Beijos!

 

15 comentários:

  1. oi, oi.

    ai, gente! acho que esse é o tipo de livro em que eu vou chorar horrores porque só pelo o que eu li, a Rachel parece sofrer um bocado, chegado a história a ser semelhante aos doramas coreanos.

    eu vou ler o livro sim, pq apesar de ser triste, se passa em Londres e eu gosto de me viajar um pouquinho por lá através da leitura.

    bjs!

    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriel!
      Me conta depois o que achou? De verdade!
      E eu acho sim que você vai chorar horrores. hahahahha.
      Beijos.

      Excluir
  2. Quero muito ler esse livro. E depois da sua resenha fiquei com mais vontade de ler
    Beijos

    http://floresecencia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Fê, acho que já li a resenha desse livro em algum lugar... Se você não tivesse postado agora diria que li aqui! Huahuahua. A história parece ser boa e a capa é linda, mas às vezes acontece de não nos conectarmos ao livro por N motivos. Beijos!

    Me chama de Bella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... comigo foi assim, não rolou essa conexão aí. Sabe que eu achei o estilo dessa capa muito parecido com o da capa de Como Eu Era Antes de Você?
      Beijos.

      Excluir
  4. Poxa, eu amo tanto a capa desse livro, acho tão a minha cara hahaha acho que darei uma chance à ele sim, mas não criarei muitas expectativas.

    Abraço,
    literarizei.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro essa capa! Dê uma chance sim, Mi!
      Beijão.

      Excluir
  5. Olá! Ai eu amei a capa desse livro, e a sinopse dele
    inicialmente chamou a minha atenção, mas após ler algumas resenhas
    de mesma opinião que a sua, minha empolgação diminuiu um pouco sabe?
    Mas ainda vou ler e tirar as minhas conclusões :)
    Adorei a resenha!

    Beijos!
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, Ana! Eu não tinha lido muitas resenhas desse livro, li porque gostei muito da capa e a sinopse também despertou meu interesse. Não digo que é um livro ruim, porque você consegue ler de boa sem querer abandonar e tal. É só que não me cativou, sabe?
      Beijo.

      Excluir
  6. Fê! Eu amei esse livro!
    Foi uma das minhas melhores leituras de 2015. Embora tenha gostado muito também achei que a protagonista ficava lembrando muito da vida antiga e me irritou um pouco.Tirando isso, para mim, esse livro me despertou muitas emoções e esse final me deixou com um aperto no coração!

    Sua resenha está muito fofa, amei!
    Beijo grande,
    http://queremosmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rs... obrigada, Débora!
      Pois é, me irritou bastante ela querer voltar pra vida chata que tinha, sendo que na "nova" tudo era perfeito. O final me deixou tipo "hahn?! Como assim???", não me agradou, não...
      Beijocas.

      Excluir
  7. Quero ler um livro chamado "meu jardim secreto" de Nancy Friday mas não acho em lugar nenhum. Como proceder?

    www.saibando.com

    ResponderExcluir
  8. Estou louca para ler esse livro e sua resenha me deixou ainda mais curiosa. Eu amo livros desse gênero.
    Adorei a resenha e o blog também. Parabéns.
    http://floresecencia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir