[LIVRO] Como Eu Era Antes de Você

Favorito!
Como Eu Era Antes de Você - Jojo Moyes
Ed. Intrínseca
320 páginas
Classificação: 5/

"Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. 
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico."


 Will Traynor era um empresário bem sucedido, aventureiro e ativo; gostava de aproveitar ao máximo tudo que a vida lhe oferecia. Num dia chuvoso, é atropelado por uma moto e fica confinado em uma cadeira de rodas, podendo movimentar apenas a cabeça e um pouco dos dedos. Ele se torna amargurado, ranzinza e desconta a frustração por sua situação em todos ao seu redor.
 Quando Louisa Clark (Lou) chega para ser sua cuidadora, Will usa todos os tipos de artimanhas para fazê-la desistir do emprego, coisa que não acontece por pouco, visto que Lou é a principal responsável pelo sustento de seus pais e da casa em que moram. Louisa é uma jovem mulher pouco convencional, muito atrapalhada e gosta de se vestir com roupas extrovertidas. Aos poucos, conquista a confiança e admiração de Will e, juntos, ele descobrem que suas limitações físicas não podem impedi-lo de compartilhar momentos inesquecíveis e amar novamente. 

 Comprei este livro por acaso na Internet. Estava em busca de uma leitura leve e rápida mas não estava preparada para o que ia encontrar neste livro. Nunca tinha lido nada que abordasse o tema de pessoas tetraplégicas e fiquei surpresa com a forma como Jojo Moyes descreve as dificuldades e dores que uma pessoa nessa condição pode enfrentar. Em muitos momentos, quando Will estava sentindo dor e sofrendo em silêncio com isso, sentia um nó na garganta, um aperto no estômago.
 Quando a relação entre Will e Lou começa a tomar dimensão e profundidade, a história torna-se tão envolvente, tão linda e emocionante que é simplesmente impossível parar de ler! O esforço de Lou para que Will sinta vontade de viver, volte a sentir prazer com as coisas, é tão comovente que ficamos o tempo todo com a respiração presa no peito e, nesse esforço, ela acaba se redescobrindo como mulher. Will, mesmo numa cadeira de rodas, mostra a Lou como o mundo é vasto e a quantidade imensa de oportunidades que uma pessoa como ela pode aproveitar.
Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível. - Will Traynor.
 Acho que nunca, em toda minha vida, chorei tanto lendo um livro. Agora mesmo, escrevendo essa resenha e relembrando a história, fico com os olhos cheios de lágrimas e o nó na garganta volta com tudo. A escrita de Moyes é capaz de acessar sentimentos intensos em nossos corações. Pra vocês terem uma ideia, chorei em um trecho do livro em que Will leva Lou para assistir um concerto, apenas lendo a descrição das sensações que a música despertou em Louisa, que nunca tinha escutado música clássica.
Eu não sabia que a música era capaz de fazer com que coisas novas surgissem dentro da gente e de nos levar a lugares que nem o compositor imaginou. Deixava uma marca no ar a nossa volta e era como se, ao sair do concerto, você carregasse os resquícios consigo.
 Poderia ficar horas discorrendo sobre esse livro e não ia conseguir exprimir em palavras o que ele significa. Muitas pessoas podem achar que trata-se apenas de mais uma história chick-lit para menininhas mas não, não se trata disso. Meu livro já está emprestado para a 5ª pessoa, sério! É um livro tão espetacular que eu quero e gosto de compartilhar ele com outras pessoas. Se você ainda não leu Como Eu Era Antes de Você, por favor, leia!

 Fiquei sabendo ontem, pelo site da editora Intrínseca, que este livro terá uma continuação - Depois de Você - lançada em fevereiro de 2016. A adaptação para o cinema já teve as filmagens concluídas e tem estreia prevista para junho de 2016, com Emilia Clarke (a khaleesi de Game of Thrones) como Louisa e Sam Clafin (Jogos Vorazes) no papel de Will. Já estou em cólicas de tanta ansiedade aguardando essas novidades! E você?

Beijos e até a próxima!

>> Ficou morrendo de vontade de ler esse livro? Compre aqui: Submarino | Amazon 

 

6 comentários:

  1. Fiquei arrepiada com essa resenha, de verdade. Confesso que pela capa e pela popularidade do livro, nunca me interessei... Tenho muitos livros e a maioria são pouco conhecidos, mas fiquei sinceramente tentada à lê-lo.
    Beijos, Fê!

    Mechamadebella.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, Bella! A história é muito linda, vale a pena!
      Beijos!

      Excluir
  2. hi baby! seu blog é lindo e com conteúdos muito bons, adorei! Não resisti e vim comentar nesse review, esse livro é o meu preferido <3 até o momento nenhum conseguiu supera-lo! amei os personagens, a historia e a escrita da Jojo <3 to super ansiosa pelo filme e to esperando que nem louca pra que saia logo o trailer! kkkkkk
    beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita, fiquei muito feliz que tenha gostado do blog. Este livro também está no topo da minha lista de preferidos. Ele é daqueles que ficam guardados na memória pra sempre e vez ou outra paramos para reler.
      Mal posso esperar pelo filme!!!!
      Beijos!

      Excluir
  3. Nossa!
    Ler a sua resenha me fez lembrar de como esse livro é maravilhoso. Dizer que eu chorei horrores é pouco pro quanto eu chorei. Também nunca chorei tanto com livro. Todas as vezes vou recomendar ele para qualquer pessoa. É impossível ser o mesmo depois de ler um livro desses. Passa tantas lições de vida. A escrita da autora é divina e eu pude perceber o quanto me importava com coisas banais. Amei sua resenha e senti tudo o que você contou.

    Seguindo o seu blog! Seja bem vinda a blogosfera e sucesso!

    http://queremosmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela força, Débora, de verdade!
      Nem me fale viu.... eu também chorei horrores com esse livro.
      Quero ler a continuação LOOOGO!
      Beijos!

      Excluir