[LIVRO] A Bússola de Ouro

A Bússola de Ouro (Trilogia Fronteiras do Universo #1) - Philip Pullman
Ed. Objetiva 
370 páginas
Classificação: 3/5

"A jovem Lyra se lança numa busca desesperada e enfrenta terríveis obstáculos quando seu amigo Roger desaparece em um universo de fantasias, onde os daemons correm pelas ruas de Oxford e Londres e um redemoinho de poeira misteriosa está por toda parte, tornando possível às crianças conhecerem segredos que os adultos dariam tudo para desvendar."




 Primeiro volume da trilogia Fronteiras do Universo, a história se passa na Oxford de um universo paralelo, dentre muitos que existem na trama, onde cada pessoa possui um dimon - um animal inseparável, parte de alma de cada um.
 Nesta Oxford cheia de magia, mais especificamente na universidade Jordan, vive Lyra Belacqua, uma garotinha esperta e curiosa de 12 anos cujo dimon chama-se Pantalaimon; seu único familiar conhecido é um tio: Asriel, cientista e explorador. Durante uma visita do tio à universidade, Lyra presencia (escondida num armário) uma reunião de Asriel com o reitor e catedráticos e acaba descobrindo a existência de um elemento misterioso avistado na Aurora Boreal, conhecido como Pó, e que o tio partirá para o norte a fim de investigar o assunto.
 Algum tempo após a partida de Asriel, uma mulher muito bela e imponente chega à universidade e pede que Lyra seja levada à sua casa e sob seus cuidados seja educada. Lyra fica muito empolgada com a possibilidade, uma vez que encantou-se com a distinção da moça (Srta. Coulter) e, com o consentimento do reitor - e após ganhar do mesmo um objeto com o qual é possível fazer perguntas e receber respostas sobre qualquer assunto, um aletiômetro, ou Bússola de Ouro - segue com a mulher misteriosa.
 Durante sua estadia na casa de Srta. Coulter, Lyra descobre alguns segredos perturbadores, inclusive que a bela moça é líder dos Gobblers - criaturas responsáveis pelo sequestro de inúmeras crianças pela cidade - e também que seu tio foi preso por ursos de armadura
 Quando o melhor amigo de Lyra, Roger Parslow, é capturado pelos Gobblers, a garota decide partir em busca dele e de seu tio, sem saber que todos estes acontecimentos estão interligados e levam à mesma raiz: o tal Pó. A partir disso, Lyra passa por diversas aventuras e encontra em seu caminho criaturas fortes e encantadoras, como o urso Iorek Byrnison, a feiticeira Serafina Pekkala (uma de minhas personagens favoritas) e o aeróstata Lee Scoresby.

 Este livro foi adaptado para o cinema em 2007, com Nicole Kidman interpretando Srta. Coulter e Eva Green no papel de Serafina Pekkala <3. Eu já tinha assistido o filme e gostado bastante, fiquei triste quando soube que não haveria continuação, este ano resolvi ler a trilogia e me decepcionei um pouco no começo. Claro que o livro é muito mais rico em detalhes que o filme, porém, a leitura não fluiu como esperava... Achei um pouco cansativo no início, mas logo fui me envolvendo com os personagens e tudo ficou mais fácil.
 A Bússola de Ouro é claramente uma crítica a Igreja, soube mais tarde que um dos motivos do filme não ter continuação foi exatamente este - a resistência da Igreja Católica.   Crenças à parte, esta é uma história muito mais profunda do que se pode imaginar e não tão infantil como a capa e a descrição sugerem e este foi um dos principais motivos pelo qual o livro me conquistou após a resistência inicial, a história te faz pensar sobre valores e o papel de uma autoridade extremamente dominadora e manipuladora na sociedade.
 No momento estou lendo A Faca Sutil, segundo volume da série, e posso dizer uma coisa: é ainda mais legal que o primeiro! Quando terminar venho compartilhar minhas impressões gerais.   
 Até a próxima!

>> Compre este livro aqui: SubmarinoAmazon 

  

4 comentários:

  1. Achei interessante, mas você aconselha mais o livro ou o filme? Nunca tinha ouvido falar de nenhum dos dois.
    Beijos,

    http://isabellanogueiraproenca.blogspot.com.br/2015/12/fuierecomendorj-cana-kriok.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabela! Na verdade eu aconselho mais o livro pelo fato dele detalhar mais essas questões da autoridade religiosa (que é chamada de Magisterium na história) e se aprofundar na descrição do Pó.
      O filme é legal mas não tem continuação e termina num momento crucial, então acaba decepcionando um pouco.
      Beijos!

      Excluir
  2. Eu já assisti o filme, e tenho vontade de ler o livro.
    A história é muito interessante mesmo.
    Adorei o post!
    Beijos http://www.jessicagomes.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!
      Leia o livro sim, vale muito a pena!
      Beijos!

      Excluir